domingo, 17 de novembro de 2013

Naruto para Savage Worlds: Parte III - Ninjutsus

Olá pessoas!
Certo, esta postagem será enorme. O grande carro chefe do Naruto são os Ninjutsus. Existe de tudo, mais até que as opções de poderes que o Savage Worlds traz. Alguns eu tive que me virar para adaptar. Já outros foram bem fáceis, usando diretamente a regra do seu poder de referência. Assim, eis que cheguei a lista abaixo. É evidente que está faltando muitos jutsus, mas ai é com você. Eu não gosto de adaptar poderes exclusivos de personagens, mas se você quiser criar, vá em frente e depois o comente aqui mesmo!

Veja também: Parte IParte IIParte IV, Parte VParte VI e Parte VII.

Ninjutsus [Esp]
Tratam-se das principais técnicas dos ninjas, envolvendo suas artes místicas e poderes especiais como um todo. Aqueles especializados em Ninjutsus podem facilmente realizar feitos impossíveis para pessoas comuns, como conjurar criaturas, controlar os elementos, criar copias de si mesmo ou até devastar áreas inteiras. Devidos as suas constantes modificações e novas criações, os Ninjutsus governam a grande maioria dos Jutsus, sendo praticamente infinitos. Em geral, eles se resumem a toda técnica ninja que não seja um Taijutsu ou Genjutsu (salvo exceções).

Antecedente Arcano: Jutsu
  • Perícias Arcanas: Genjutsu [Ast], Ninjutsu [Esp] e Taijutsu [Agi]
  • Chakra inicial: 12 (representa os Pontos de Poder)
  • Jutsus iniciais: 3 (representa os Poderes)
  • Selos: a personagem só poderá conjurar um Ninjutsu ou Genjutsu caso possa executar selos de mão (necessários para que haja o controle do Chakra), tendo ambas as mãos livres. Os Taijutsus são mais simples e não necessitam de selos. É impossível fazer qualquer Jutsu estando paralisada.
  • Sem Chakra: ficar sem Chakra deixará a personagem imediatamente incapacitada por Fadiga, devendo testar Vigor uma vez por hora para recuperar 1 nível (2 com uma ampliação). Só após curar toda a Fadiga pela perda de Chakra que ele será recuperado normalmente.
  • Recuperação: as personagens recuperam 1 ponto de Chakra por hora.

Eles podem ser classificados em Ninjutsus Básicos, Gerais ou Elementais. Os Ninjutsus Básicos são aqueles que atuam como as técnicas básicas que todo ninja deveria conhecer, cobrindo áreas gerais de sua atuação e, às vezes, essenciais para a sua sobrevivência. Aconselha-se que toda personagem em Naruto comece com pelo menos dois deles (não é obrigatório), representando a sua formação na Academia. Os Ninjutsus Gerais englobam as mais variadas técnicas, geralmente podendo ser aprendidos por qualquer ninja. As Vilas treinam seus ninjas em Ninjutsus Gerais específicos, não possuindo o conhecimento de todos que existem. Outros deles só podem ser aprendidos por meio da leitura de pergaminhos de ensinamento que contenham as suas instruções (geralmente são segredos bem guardados por seus donos, sejam indivíduos, clãs ou até mesmo Vilas). Por fim, os Ninjutsus Elementais envolvem os poderes que manipulam e invocam os elementos, possuindo suas peculiaridades.

Nesta postagem falaremos especificamente dos Ninjutsus Básicos e Gerais. Peço novamente para que leiam antes o capítulo do Savage Worlds sobre Poderes (p.143; 1ª Edição Brasileira), a fim de entender como eles funcionam e suas observações. Cada Jutsu fará referência a um poder específico, onde sua mecânica estará explicada no livro (a menos que ele possua mecânicas específicas, as quais estarão explicadas na sua descrição). Quanto aos Ninjutsus Elementais, eles serão abordados na próxima postagem, uma vez que possuem regras próprias para a sua aquisição (e a lista ficaria grande demais para uma única postagem).

Os Jutsus serão apresentados da seguinte forma:
Nome do Jutsu em japonês [Estágio mínimo exigido da personagem para tê-lo; custo em Chakra; alcance; duração]: nome do Jutsu traduzido (Poder em que ele foi inspirado ou que deve ser usado conforme descrito no Savage Worlds)

Ninjutsus Básicos
Ayatsuito no Jutsu [N; 2C; Espírito; especial]: Técnica de Prisão de Cordas (Enredar; p.159).
O ninja atira uma corda de aço que prenderá um alvo apenas (não pode usar a versão de 4 pontos de poder).

Bunshin no Jutsu [N; 2+1C/cópia; Espírito; 3 (1/rodada)]: Técnica do Clone
O ninja cria cópias ilusórias de si mesmo a sua volta, confundindo seus adversários. Cada cópia age por si só ou imitam o seu conjurador, nunca se afastando mais que o alcance do Jutsu. Para distinguir o original das cópias é preciso testar Perceber -2 (ou -4 com uma ampliação). Cada cópia acertada por um ataque é cancelada (Aparar 4).

Henge no Jutsu [N; 3-5C; toque; 10 minutos (1/10 minutos)]: Técnica da Transformação (Disfarce; p.158).
O ninja mudará a sua aparência para de outra pessoa, ou de objetos e alvos que tenham sido imobilizados. Cancelar o efeito do Jutsu não gasta ação.

Kakuremino no Jutsu [N; 2C; pessoal; 1 minuto (1/minuto)]: Técnica da Capa da invisibilidade (Invisibilidade; p.161).
O ninja levanta um manto de camuflagem sobre si, ficando invisível enquanto se manter imóvel (não pode realizar quaisquer ações).

Kawarimi no Jutsu [N; 2C; Movimento; instantânea]: Técnica da Substituição (Teleporte; p.165).
O ninja poderá evitar um ataque substituindo a si próprio por um objeto no alcance (geralmente um tronco). Para tal, ele deve fazer um teste resistido de Ninjutsu contra o ataque do oponente. Caso supere o ofensor, ele desaparece e se move instantaneamente para um local até o alcance do seu Movimento. Ao se mover, ele poderá testar a Perícia Furtividade para se esconder (não conta como ação), e inimigos adjacentes não ganham um ataque livre. Este Jutsu só poderá ser usado caso a personagem esteja aguardando (p.89) ou prepare uma Ação Múltipla (p.90).

Kirigakure no Jutsu [N; 2-4C; pessoal; 3 (1/rodada)]: Técnica da Névoa Escondida (Obscurecer; p.161).
O ninja cria densa neblina que obscurece a visão de todos num Modelo Médio (2C) ou Grande (4C) de Explosão a sua volta. Este Jutsu pode ser movido até o Espírito da personagem com o gasto de uma ação se concentrando (mova o centro do Modelo de Explosão; não requer testes).

Shunshin no Jutsu [N; 3C+; especial; instantânea]: Técnica do movimento rápido (Teleporte).
O ninja desaparece num vendaval de folhas e reaparece e algum lugar próximo (não pode Carregar Outros).

Ninjutsus Gerais
Chakra no Tate [N; 1C; pessoal; instantânea]: Escudo de Chakra (Barreira; p.153).
O ninja cria uma muralha de Chakra a sua frente para lhe proteger de um ataque e quem estiver atrás de si. Este Jutsu poderá ser usado para interromper a ação do adversário caso a personagem esteja aguardando ou prepare uma Ação Múltipla.

Kage Shuriken no Jutsu [N; 2C; cone; instantânea]: Técnica da Shuriken de Sombra (Rajada; p.163).
O ninja atira algumas shurikens e replica as sombras delas numa nuvem de projéteis a sua frente.

Kanashibari no Jutsu [N; 1C; Espírito x 2; especial]: Técnica da Paralisia do Corpo Temporária (Confusão; p.155).
O ninja força um olhar penetrante no alvo, o que poderá deixá-lo Abalado.

Kuchiyose Tobidougu [N; 2C; cone; instantânea]: Invocação das Armas Projéteis (Rajada).
O ninja gira um pergaminho a sua frente e atira uma saraivada de armas em todos à sua frente.

Kuu no Tachi [N; 1C; Espírito x 2; instantânea]: Espada Longa do Céu.
O ninja faz com que sua arma corpo a corpo ataque um alvo distante e retorne para a sua mão. Cada arma extra que a personagem possa usar na rodada gastará 1 de Chakra adicional (Ação Múltipla). O ataque será feito com Ninjutsu e não Taijutsu.

Mikazuki no Mai [N; 2C; pessoal; 3 (1/rodada)]: Dança da Lua Crescente (Deflexão; p.157).
O ninja cria uma aura que distorce a sua aparência, auxiliando as suas defesas contra os ataques físicos.

Ranji Shigumi no Jutsu [N; 2C; cone; instantânea]: Técnica do Modo Selvagem do Leão (Rajada).
O ninja estica e endurece o seu cabelo, tornando-o espetos letais que atacam em rajada a sua frente.

Utsusemi no Jutsu [N; 2C; toque; 1 minuto (1/minuto)]: Técnica da Projeção de Vozes (Disfarce).
O ninja pode imitar todo tipo de som ou projetar a sua voz a grandes distâncias (500 metros de raio; 1 quilômetro com ampliação; o dobro da distância em locais que favoreçam a propagação do som; metade da distância em locais fechados ou com muitos obstáculos), comunicando-se com muitas pessoas distantes e confundindo perseguidores. Para identificar o verdadeiro local aonde o ninja está é preciso um teste de Perceber -2 (-4 com uma ampliação).

Bunshin Bakuha [E; 2-6C; 24/48/96; instantânea]: Réplica da Sombra Explosiva (Explosão; p.160).
Requer Bunshin no Jutsu (Ninjutsu). O ninja cria uma réplica sua que corre até um alvo ou surge ao seu lado, explodindo ao se aproximar. Este Ninjutsu representa uma série de outros similares, como os clones explosivos de argila do Deidara ou os de água do Kisame.

Choujuu Giga [E; 4-10C; pessoal; 3 (1/rodada)]: Desenho da Imitação da Besta (Conjurar Aliado; p.155).
O ninja desenhará um Lobo Atroz (p.194) de tinta que saltará do pergaminho, criando vida e “surgindo” ao seu lado. A cada Estágio acima de Experiente, ele poderá conjurar um lobo adicional por 2C.

Fuubaku Houjin [E; 1C/tarja; especial; especial]: Formação do Método Explosivo.
Requer Tarjas Explosivas (Equipamento). O ninja põe numa área até 5 tarjas explosivas (1C para cada), com seus Modelos de Explosão tocando umas às outras. Caso alguém passe na área, elas se ativam automaticamente, explodindo. O dano e a área dependem da tarja usada. Cada tarja além da primeira que afetar a mesma área causa 1d extra ao dano total (uma tarja pequena causa 2d8, duas causam 3d8 e assim por diante). A armadilha permanece engatilhada por 1 hora (deve-se gastar Chakra novamente para reativar as tarjas). Gasta-se 1 minuto por tarja para preparar a armadilha.

Gyorai Shin [E; 2-6C; 24/48/96; instantânea]: Agulhas Torpedo (Explosão).
O ninja faz com que uma área sofra com uma explosão de pregos e/ou agulhas.

Hari Jizou [E; 4C; pessoal; 3 rodadas (4/rodada)]: Espetos Guardiões do Submundo (Barreira).
O ninja cria um casulo de espinhos com o seu cabelo, protegendo-o de ataques na rodada e causando 2d4 de dano em quem a tocar. Este Jutsu poderá ser usado para interromper a ação do adversário caso a personagem esteja aguardando (o adversário será forçado a realizar o seu ataque, recebendo automaticamente o dano do Jutsu caso esteja fazendo um ataque corpo a corpo), ou prepare uma Ação Múltipla.

Kai [E; 2C; toque; instantânea]: Libertar.
O ninja faz um selo de mão a fim de cancelar os efeitos de um Genjutsu ou Ninjutsu que restrinja os seus movimentos ou de um aliado que tocar. Para usá-lo, ele deverá testar Ninjutsu (-2 com a ampliação do oponente), onde o sucesso cancela o efeito negativo. Este Jutsu só poderá ser feito caso o ninja tenha ciência do que pretende cancelar.

Kuchiyose no Jutsu [E; 3-7C; Espírito; 3 (1/rodada)]: Técnica da Invocação (Conjurar Aliado).
O ninja primeiro faz um pacto de sangue com um tipo de animal (cão, sapo, cobra, doninha, lobo, etc...), e então aprende este Jutsu. Este pacto é feito através da assinatura em sangue do nome e digitais do ninja em um pergaminho que todo usuário do Jutsu pode conjurar, atuando como representante daquele tipo de animal. Trata-se de um contrato especial, onde após assinado o ninja só poderá aprender a conjurar outro tipo de animal caso o cancele antes. A cada Estágio ele poderá conjurar um nível de animal ninja diferente para ser seu aliado em combate.
Chamando o Gamabunta: no mangá, Naruto consegue convocar o líder dos Sapos ainda quando criança. Mas como ele conseguiu isso sem ter o Estágio necessário? Bem, como protagonista, as regras normais não se aplicam a ele (e isso serve para MUITA coisa desta adaptação). Porém, caso você queira tornar as coisas mais emocionantes durante o seu jogo, pode-se permitir que o jogador convoque seres de Estágios maiores que o da sua personagem. Mas como? Primeiro, ele deve conseguir uma ampliação com o seu teste de Ninjutsu. Segundo, ele deverá gastar 1 bene e o Chakra necessário. Por fim, lembre-se que apenas seres de Estágio menor ou igual ao que a personagem pode conjurar obedecerão suas ordens sem questionar. Assim, chamar o Gamabunta logo de cara pode não ser uma boa ideia, principalmente se ele não estiver de bom humor.
Meisai Gakure no Jutsu [E; 5C; pessoal; 3 (1/rodada)]: Técnica da Ocultação (Invisibilidade).
O ninja fica totalmente invisível.

Soushouryuu [E; 2-4C; pessoal; instantânea]: Dragão Gêmeo Levantando (Explosão).
O ninja libera ao seu redor a partir de dois grandes pergaminhos uma nuvem de armas de todos os tipos.

Soushuuha [E; 2C; Espírito x 2; instantânea]: Manipulação das Lâminas que Avançam.
O ninja pode desviar um ataque de Atirar ou Arremesso de qualquer alvo dentro do seu alcance (exceto de Jutsu). Trata-se de uma jogada resistida com Ninjutsu. O sucesso desvia o ataque original para outro alvo a sua escolha, inclusive para quem arremessou (+1d6 no dano com uma ampliação). Este Jutsu só poderá ser usado caso a personagem esteja aguardando ou prepare uma Ação Múltipla.

Senei Jashu [E; 2C; Espírito; especial]: Mãos Ocultas da Serpente Sombria (Enredar).
O ninja cria cobras a partir do seu braço que seguem até um alvo e o prende (resistido com Agilidade). Caso acerte o Jutsu, o alvo será completamente preso (não pode se mover ou usar Perícias ligadas a Agilidade ou Força). O alvo poderá tentar escapar a cada rodada. Entretanto, caso falhe, o ninja poderá causar seu dano desarmado no alvo automaticamente (+1d6 com um erro crítico do alvo e/ou com uma ampliação).

Doku Kiri [V; 3C; cone; 3 (1/rodada)]: Névoa Venenosa (Reduzir Característica; p.152).
O ninja libera uma névoa púrpura e venenosa de sua boca num Modelo de Cone a sua frente, exigindo uma rolagem resistida de Vigor dos alvos que, caso falhem, terão seu dado de Vigor reduzido em um tipo, afetando também suas Características derivadas (em dois tipos com uma ampliação; mínimo de d4).

Gokan Sakusou [V; 2C; Espírito; 3 (1/rodada)]: Distorção Confusa dos 5 Sentidos (Reduzir Característica).
O ninja atira um gás no alvo que distorce a sua coordenação motora, exigindo uma rolagem resistida de Espírito. Caso o alvo falhe, diminua em um tipo seu dado do Atributo Agilidade ou de uma das suas Perícias associadas (em dois tipos com uma ampliação; mínimo de d4).

Kage Bunshin no Jutsu [V; 5C; Espírito; 3 (1/rodada)]: Técnica do Clone de Sombras (Conjurar Aliado).
O ninja cria um clone seu criado a partir da sua sombra. Ele segue a mesma regra “Reflexo Pessoal”, mas cada clone terá 5 de Chakra apenas. Quando não tiver mais Chakra ou for ferido, ele será cancelado. Cada clone além do primeiro custará 3C, podendo-se manter até metade do seu dado de Espírito em clones ao mesmo tempo.
Kage Bushin e a diferença entre o Mangá e esta Adaptação: no mangá, Naruto consegue aprende o Kage Bushin logo no primeiro capítulo. Como se trata de um capítulo de apresentação, eu considero como se ele fosse um prelúdio, ou seja, antes da criação efetiva da ficha. Assim, seguindo a Regra de Ambientação “Nasce um Herói” (p.132) que indiquei para narrar no cenário, Naruto poderia ignorar o limite do Estágio e aprender este Jutsu logo de início. A grande questão é a quantidade absurda de cópias que ele é capaz de criar. Como bem sabemos, Naruto possui o selo da Kyuubi (que é basicamente uma fábrica de Chakra ambulante), além de já ter nascido com uma quantidade anormalmente grande de Chakra para uma pessoa comum (como se já não bastasse ter um dos Demônios de Caudas dentro de si). Isso o permite criar clones em cima de clones (o que o torna o único usuário conhecido no mundo da técnica proibida “Tajuu Kage Bushin no Jutsu”). Não se sabe ao certo o motivo dele conseguir mantê-los por tanto tempo, mas Kakashi explica no mangá que Naruto é uma exceção bem fora da curva, pois até mesmo Kages jamais conseguiriam manter mais do que 5 clones por muito tempo. Por fim, Naruto é o protagonista da história e este é seu poder de assinatura, ou seja, ele é quebrado por si só. Por isso, ao fazer esta adaptação, eu mantive o bom senso e usei o “padrão” do sistema e cenário para criar este Jutsu.
Rasengan [V; 5C; toque; instantânea]: Esfera Espiral.
Trata-se de uma técnica exclusiva criada pelo 4º Hokage, mas considerada incompleta. É um Jutsu tão poderoso que não requer selos de mão para ser conjurado, mas exige um controle de Chakra preciso. Ele é usado em duas partes: primeiro testa-se Ninjutsu para conjurar o Jutsu, criando uma esfera de Chakra circulante e condensado em sua mão que causa 3d8 de dano (4d8 com uma ampliação). Segundo, deve-se fazer um teste de Taijustu para acertar o alvo com um ataque corpo a corpo, usando o dano do Jutsu no lugar do seu ataque desarmado. Conjurar e atacar com o Rasengan não é considerado uma ação múltipla, porém falhar em conjurá-lo gastará a ação da personagem.

Continua no próximo episódio
E por hoje é isso pessoal. Espero que estejam gostando desta adaptação e que comentem caso não tenham entendido algo ou tenha faltado algum Jutsu (não prometo criá-lo, mas vale a sugestão). O espaço abaixo para comentários está aberto para sugestões também, não esqueçam. Por fim, fica aqui a promessa para que na próxima postagem falemos dos Ninjutsus Elementais e suas características únicas.

Até and Bye...

Nota: esta postagem foi atualizada em junho de 2017.

6 comentários:

  1. q maneiro hein! trabalheira das brabas!
    chegou a jogar isso? chegou a coler feedback da galera?
    adoria ver o arquivo final com tudo q criastes compilado e pronto pra uso....
    muito bom mesmo... boa sorte nos projetos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. @PEP
      Eu pretendia narrar, mas acabou não dando certo. Minha mesa não se empolgou tanto com a ideia de um novo RPG de Naruto e uma nova adaptação minha. Por isso mesmo não escrevi mais sobre o assunto e nem fechei uma adaptação em PDF. Além disso, estou devendo narrar Savage Worlds. :/

      Excluir
    2. Uma pena. Eu tinha gostado muito da adaptação e gostaria de utilizar ela. Infelizmente, não domino tanto de Savage Worlds para continuar ela... uma pena. :(

      Excluir
    3. @Marcello
      Um dos problemas é justamente este: dominar o Savage Worlds. Trata-se de um sistema "genérico" interessante, mas sem as regras que direcionam o sistema para um cenário fica complicado usá-lo. Meu conselho é jogar/narrar um cenário próprio para o Savage, como os atuais saindo no mercado como Interface Zero e Accursed.

      Excluir
    4. Entendo perfeitamente (tenho algum tempo com GURPs). Estou gostando MUITO de Savage Worlds por ser simples, rápido e furioso! Por isso minha motivação em querer um Naruto para Savage.

      Eu apoiei o Accursed (estou aguardando receber) e com certeza vou mestrar, achei a história do cenário muito interessante! Enquanto meu Accursed não chega, estou iniciando uma campanha de A Song of Ice and Fire e a campanha tem fluido muito bem com Savage.

      Espero no futuro poder dar andamento na sua adaptação de Naruto para Savage Worlds. Agradeço o material de qualidade que você disponibiliza e pelo feedback nos comentários de uma postagem tão antiga. Abraços!

      Excluir
    5. @Marcello
      Eu demoro, mas sempre que dou uma olhada no blog eu comento. Fique a vontade para dar continuidade a adaptação. Eu mesmo o fiz de outra pessoa. ;)

      Excluir